{ Filme } Medianeras: Buenos Aires da Era do Amor Virtual

escrito por ♡ outubro 11, 2017


Aqui vai uma dica de cinema argentino: Medianeras. O filme nos traz o cotidiano de Martin e Mariana, duas pessoas que vivem próximas, mas ao mesmo tempo distantes. Eles vivem na mesma rua e em prédios vizinhos, ambos andam pelos mesmos lugares, praticam o mesmo esporte, mas nunca se conheceram. 

Martin é um cara que faz sites, um web designer que prefere viver virtualmente e que não gosta de arquitetos, pois acha que eles são os culpados por muitos problemas da sociedade atual. Mariana é, por outro lado, formada em arquitetura, porém nunca trabalhou muito com isso e leva a vida como vitrinista. Além disso, os dois personagens são fóbicos, tiveram problemas com relacionamentos e passam parte do tempo na frente do computador. Eles são dois personagens de fácil identificação, então por muitas vezes me peguei gostando muito dos diálogos, das cenas e das particularidades do filme.

Foto: pinterest.


O jeito como cada cena cotidiana é retratada no filme e a simplicidade com que o lado fictício é abordado, fez com que eu me encantasse por Medianeras. Também gostei das peculiaridades dos personagens, o quarto do Martin, por exemplo, tem referência a Star Wars, quando no quarto da Mariana tem referência ao filme O Estranho Mundo de Jack. Eu ri bastante na parte que o Martin fala sobre quebra de expectativas em encontros quando os compara com as vezes que ele vai comprar um Big Mac.
"Esses encontros são como combos do Mc Donald's. Eles parecem maiores e mais deliciosos nas fotografias. Toda vez que vou a um encontro sofro da mesma decepção com um Big Mac."
O livro favorito de Mariana é um infanto-juvenil, Onde está Wally?, que a fez ficar viciada em encontrar o Wally na cidade e também ter fobia a elevadores e multidões. Frustrada por causa do seu relacionamento que durou quatro anos, ela tenta fugir das lembranças, deixando com que o trabalho consuma parte da sua vida. 

Na foto: Mariana. Crêditos: Google Imagens.
Apesar de tudo isso, ao se falarem pelo computador, eventualmente, eles se sentem parecidos. Eles moram tão perto um do outro, mas o cotidiano, ao invés de uni-los, os separa. E a internet teve o poder de fazer com que eles se falassem e descobrissem que, apesar de passarem por diversos problemas pessoais e de relações amorosas problemáticas, existem pessoas que são iguais a você, que estão sozinhos, mas procurando alguém.
"Na realidade o planetário me coloca no meu lugar, lembrando-me que o mundo não gira em torno de mim. Eu sou uma parte muito pequena de um planeta que faz parte de um sistema, que faz parte de uma galáxia que, como milhares de galáxias faz parte do universo. Isso me lembra que sou parte de um todo... infinito e eterno."
Na foto: Martin. Créditos: pinterest.
O filme trata, basicamente, da relação entre solidão e tecnologia. Ou seja, um tema muito atual, apesar de ser um filme de 2011, muita coisa não mudou. Cada vez mais estamos conectados com o mundo, mas (muitas vezes) o mundo não está conectado conosco. Eu recomendo muito o filme para pessoas interessadas em temas atuais e que querem ter uma visão ampla do cinema argentino.

ASSISTA O TRAILER:


DADOS:

Título: Medianeras (Original)
Ano produção: 2011
Dirigido por: Gustavo Taretto
Duração: 95 minutos
Perfil: Filmow / IMDb



Você também pode gostar de:

18 comentário(s)

  1. Oi, Haise!
    Pouco assisti de filmes argentinos! Esse parece ser ótimo, gostei bastante da premissa e sua resenha despertou minha curiosidade. Vou procurar por ele. Quem sabe consiga assistir no feriado! rs
    Bjos!
    Por essas páginas

    ResponderExcluir
  2. Adorei a dica, o filme parece ser uma graça, sem dizer que os protagonistas são lindinhos, um filme com uma pegada geek pelo visto. Anotei o nome aqui e vou procurar para ver.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oii. Gostei bastante da dica de filme e parece ser um amorzinho. Estava procurando novas ideias para filmes em Espanhol e esse parece ser maravilhoso. Espero gostar.
    Beijos.

    Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  4. Oi, Haise.

    Gosto bastante de filmes que trazem temas atuais. Eles normalmente me fazem refletir sobre como a tecnologia está afetando a minha vida.
    Parece ser um filme muito interessante e necessário de certa forma, né?

    Confesso que não tenho o hábito de ver filme, mas de vem em quando é bom haha.

    Beijão.
    cantinhodaescritaa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá! Nunca havia ouvido falar nesse filme! Lendo sua resenha gostei muito, eu que nem curto muito filmes fiquei curiosa para assistir. Parece ser super legal e amorzinho. Adorei a dica. Parabéns pelo post!
    by: atravesdaescrita.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Que filme maravilhoso gente, ainda mais sobre buenos aires, gostei de ver que ele é bem curtinho, então creio que seria uma ótima pedida, dica anotada e o achei tão amorzinho.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Achei uma dica maravilhosa. Acho que se fosse julgar pelo nome não pegaria pra assistir mas quem sabe em algum momento me envolva com essa trama.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem?
    Gostei bastante da sua resenha, o filme me chamou interesse. Depois vou assistir. Obrigada pela dica.

    Beijinhos,
    livroseimaginacoes.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi,
    Gostei da dica do filme e realmente as pessoas estão cada vez mais dentro do computador e fora do mundo real. As referencias são ótimas nossa faz tempo que eu não ouvia falar da revista do Wally rsrs. Gostei da dica.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    leiturakriativa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia esse filme. Pensando bem, acho que nunca assisti a um filme argentino.
    Achei a premissa interessante. Me pareceu um filme simples, mas muito sensível.
    Adorei a dica e já anotei para assistir depois.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. eu ando cada vez mais apaixonada pelo cinema argentino. com certeza vou colocar esse na lista dos próximos a assistir. gosto da temática de solidão abordada dessa maneira... valeu pela dica...
    bjs ^^

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Adorei a dica, inda mais qdo tô de ressaca literária sempre saio a cça de filmes ou séries para assistir.
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Adorei a dica, achei a premissa interessante e parece que prende quem assiste do inicio ao fim e o melhor por ser um filme do nosso colega de país. Parabéns!
    ;)

    Canal Papo Inverso | Blog Lendo Ferozmente

    ResponderExcluir
  14. Desta vez vou passar sua dica, pois não me interessei pelo filme, mas não posso negar que o tema é bem atual.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  15. Oiii
    Eu acho que nunca assisti um filme argentino, pra ser sincera não conhecia nenhum... Mas adorei sua dica, e com certeza quando eu tiver um tempinho vou assisti-lo.
    Bjs

    blog-myselfhere.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Oii
    Nunca assisti a um filme argentino. Adorei o tema, com certeza muito atual! Tipo de filme que gosto, dica anotada!
    Bjus

    ResponderExcluir
  17. Olá, tudo bem?
    Eu ainda não havia ouvido falar sobre esse filme, mas gostei bastante da premissa, parece ser bem interessante e diferente do que tenho assistido até agora.
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  18. Olá, tudo bem? Nossa concordo com você, apesar do filme ser 2011 parece um assunto ainda bem atual. Não conhecia, até porque é produção argentina, e fiquei feliz de ver que me interessei bastante. Gostei e com certeza dica anotada!
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir