Excursão Noturna, Soraya Abuchaim

escrito por ♡ setembro 21, 2017

Título: Excursão Noturna
Autor (a): Soraya Abuchaim 
Páginas: 28
Ano: 2017
Editora: Independente
Onde encontrar: Amazon 
CLASSIFICAÇÃO:  



ENREDO
Guilherme é um amante do terror, seu quarto é cheio de posters e coisas que lembram os filmes clássicos que assistiu. Por isso ele se anima tanto com a projeção de um castelo temático misterioso, ideia de três empresários noruegueses. Só que não apenas ele é atraído para esse tenebroso castelo, mas também outros jovens fanáticos pelo terror. É por meio de um grupo online, que o rapaz recebe a notícia e os integrantes logo marcam de se encontrar para visitar.

Assim que entraram no castelo, foram recebidos por uma voz estranha, meio gravada, meio robótica. A voz ordenava a separação do grupo maior em um grupo menor. Cada grupo ficaria com uma porta e o que estava atrás dela ainda era um completo segredo. E é claro que envolvia muito sangue.

MINHA OPINIÃO
O conto escrito por Soraya Abuchaim consegue mostrar todo o potencial dos autores nacionais. A narrativa é angustiante e, além de tudo, prende o leitor até o fim, o envolvendo nos mistérios do castelo do horror. É impossível pegar o conto e o largar enquanto o final não for revelado, então o que mais me chamou atenção foi o modo como a autora escreve de um modo que me cativou até a última página. 

Eu não poderia falar tanto sobre o desenvolvimento dos personagens, afinal, é um conto. Mas a caracterização de cada um, principalmente do Guilherme, me deixaram mais e mais fascinada por aquela história. Quero muito poder ler outras coisas da autora, narrativas mais longas, para saber se isso também acontece em outras obras (o que eu espero que sim). 

No mais, essa é uma história curta, então fiz uma resenha bem curtinha, temendo soltar os benditos spoilers (e funcionou). Não deixem de conferir, são poucas páginas, a narrativa flui com facilidade e, além de ser uma história sangrenta de qualidade, você vai estar apoiando a literatura nacional! 

Até a próxima. 


SOBRE A AUTORA

Soraya Abuchaim é casada, mãe e apaixonada por livros, tendo como mestre Stephen King. Ama vinho e histórias que tenham sangue, e não vê problemas em matar alguns personagens quando necessário. Hoje, ela trabalha em outros projetos literários, incluindo alguns contos na Amazon, o mais atual chamado Madrugada Macabra, que chegou a ser um dos mais baixados na categoria terror e suspense. A Vila dos Pecados é seu segundo livro.

ENCONTRE A AUTORA: Twitter | Facebook | Youtube | Site

Você também pode gostar de:

34 comentário(s)

  1. Oi querida!
    Adorei a resenha. Espero ler este conto em breve, pois o enredo é bem intrigante e a sua resenha me deixou curiosa para conhecer a obra.

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alice. Fico feliz que tenha despertado seu interesse, leia sim! Obrigada por passar aqui.

      Excluir
  2. Gente como o terror está em alta né, eu tenho muito medo de leituras sombrias mas sua resenha me deu coragem de tentar ler...
    obrigada até a próxima

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou do blog Alfas Literárias

      Excluir
    2. Anne, não perca a oportunidade e leia quando puder, cê não vai se decepcionar (apesar do medinho hahah) <3

      xoxo

      Excluir
  3. Olá, tudo bem?
    Não conhecia o conto da autora, mas menina só a sinopse me mostrou quão angustiante mesmo a obra pode ser.
    Se tiver a oportunidade lerei sim, amo obras nacionais.
    Parabéns pela resenha, é dificil resenhar tão bem contos por serem pequenos.
    Amei
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Faby, leia sim! É sempre bom atrair mais e mais pessoas para a literatura nacional e a Soraya é uma das autoras mais legais nesse âmbito, indico muito.

      xoxo

      Excluir
  4. A capa do livro é bem chamativa e bonita o livro tem um mistério no ar, a história tem a leitura de arrepiar. Gostei muito do conto só me ler a sinopse já fiquei bastante curiosa pelo livro, terror é muito bom quem é fã desse gênero não pode deixar de ler esse conto, bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha te chamado atenção, obrigada por passar por aqui, Lucimar <3

      Excluir
  5. Olá, tudo bem? Me identifiquei com o personagem Guilherme, pois sou muito fanática por terror (principalmente os clássicos) .Essa história podia ir além de um conto por causa do envolvimento desses jovens com o castelo macabro e misterioso. Só acho que Soraya Abuchaim devia ter ido um pouco mais além, mas é uma história que eu vou gostar de ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também achei que ela poderia formar um livro maior com esse conto, porque é simplesmente intrigante demais! E a gente fica com um gostinho de quero mais no final <3
      Obrigada por passar por aqui, Carmem.
      xoxo

      Excluir
  6. Oi querida tudo bem?
    Que livro maravilhoso, gostei muito de saber a opinião e saber que é um livro de terror e esse sempre se tornam um dos meus favoritos, realmente é uma ótima pedida, sua resenha ficou ótima e adoraria ler.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Morgs! Leia sim, não perca a oportunidade quando puder. Fico feliz que tenha gostado da resenha <3
      xoxo

      Excluir
  7. Oi! Não conhecia esse conto e nem a autora! E você conseguiu na sua resenha deixar a gente com vontade de saber mais e o que acontece dentro desse castelo! Que bom ser uma obra nacional. Com certeza, assim que der lerei, gosto do gênero de terror!

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que cê gosta do gênero, vai se apaixonar por esse livro. Obrigada pelo comentário e elogios! <3
      xoxo

      Excluir
  8. Resenha muito bem escrita e objetiva não é o gênero que me atraia mas nem por isso é uma história intrigante...a autora acertou em cheio nessa trama sem dúvidas será um grande sucesso :)

    ResponderExcluir
  9. Não conheço ainda esse livro e a autora. Mas você me deixou muito curiosa para ler esse livro.
    A história prende muito a gente. Adorei a resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oiê!
    Não conhecia essa autora, mas adorei a premissa desse conto! Gosto muito de histórias de casas e castelos mal-assombrados, apesar de só ter lido mesmo O castelo de Otranto kkkkkkkkk acho que está na hora de ler mais coisas com essa temática =)
    Obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bom?
    Confesso que não sou tão apaixonada por livros, mas lendo seu post sobre a resenha, me deixou interessada para mergulhar de se ler no conto. Outra, não conhecia essa autoria, e simplesmente você me deixou curiosa por causa da resenha escrita e objetiva, já quero ler rs

    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem?

    A escrita da Soraya é muito elogiada por todos que já tiveram o prazer de ler alguma obra da mesma. Dela, só li um conto também bem curtinho e confesso que também senti nele essa angústia que você narrou. A autora é considerada a rainha do terror e não deve ser por acaso. Em breve vou ler um livro dela, espero gostar! Adorei sua resenha e quero este conto!

    Beijos!

    ResponderExcluir

  13. Seria esse Guilherme minha versão masculina? Porque horror/terror é minha praia, hahaha. Fiquei muito curiosa para ler o conto, ando procurando conteúdos de terror feito por nossos escritores para abrir um tópico no meu blog e acabei caindo nesse post aqui, haha. Gostei de saber mais sobre a autora, já vou dar uma vasculhada na Amazon para obter suas obras (embora meu pai tenha me proibido comprar livros se não terminar a pilha que acumulei) porque né, temos que dar todo suporte para a escrita nacional, principalmente quando vem para O Lado Negro da Força. Amei o post de paixão, sério. Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Se eu fosse o Guilherme, tinha pesadelos todas as noites com um quarto assim! ahahahha Terror não é a minha praia, mas curiosa como sou, era bem capaz de tentar a leitura só para conhecer um pouco as motivações do protagonista da história e ao mesmo tempo a obra da escritora Soraya! ;)
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Oi tudo bem?
    Esse menino Guilherme é bem corajoso viu? hahaha. Mesmo sendo bem medrosa fiquei curiosa para saber um pouco mais sobre esse conto.

    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Eu adoro contos e terror é um gênero que desperta logo meu interesse. A capa já é assustadora e imagino o que espera Guilherme e o pequeno grupo nesse castelo do terror. Os autores nacionais estão provando o talento a cada nova obra. parabéns à autora.

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem? Não conhecia a autora, nem o conto. A temática não é a minha predileta, mas a capa é envolvendo e a narrativa também parece ser. Fiquei bem feliz por ver uma autora nacional independente sendo divulgada com um conto, pois sei que os autores mais popzinhos, geralmente, escrevem romances de amor. Eu discordo de você quando diz que não tem muito o que dizer sobre as personagens pelo gênero ser conto, acho que reforça o fato de que contos são rasos e pouco têm a contar. Mas gostei bastante da sua resenha, vou procurar a história :)

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Não conhecia o livro e deu pra ver mesmo como o enredo nos cativa, sua resenha bem explicada que parece que estou viver dentro dos personagem,amei o texto.

    ResponderExcluir
  19. Gennnnte!!!Não conhecia esse conto da Soraya, correndo agora na Amazon, ela arrasa demais!!!

    bjs
    www.livrosdabeta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Oie, tudo bem? Os contos tem seus prós e contras. A leitura flui e quando menos percebemos já terminou porém ao fazermos uma resenha ou comentar sobre tememos revelar quase que a história por completo. Fiquei assustada só de pensar, gosto de suspense porém terror me dá frio na espinha haha Beijos, Érika *-*

    ResponderExcluir
  21. É sempre complicado resenhar contos mesmo, mas deu para entender o contexto geral e isso é o que importa. Não conhecia e vou anotar sua dica.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  22. Oi.
    Admito que não leio muitos contos, mas tenho lido alguns bem legais ultimamente.
    Sendo bem sincera, eu sou muito medrosa, mas, incrivelmente, os enredos das histórias de terror são os que mais me atraem, então estou começando a ler o gênero aos poucos. Algumas histórias mais leves, alguns contos. E estou gostando bastante, mas é aquela coisa né, um livro é bem mais intendo que um filme, e eu normalmente tenho que intercalar com algumas história bem água com açúcar para dormir a noite.
    Gostei muito da dica.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  23. Olá,
    Eu tenho muita curiosidade em conhecer a escrita da Soraya por já ter visto alguns elogios sobre suas obras e também por adorar as capas!
    Sou daquelas que escolhe a leitura pela capa rsrsrs
    Adorei conhecer um pouco mais sobre esse conto e fiquei intrigada para conhecer Guilherme e a caracterização dos outros personagens também.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  24. Contos sempre me atraem por ser uma leitura mais rápida e ao mesmo tempo tão gostosa de fazer, imagine então quando é de terror de uma escritora nacional? Fiquei super intrigada e querendo saber mais desse conto que acaba envolvendo castelo, muito mistério e um grupo online. Quero ler pra já! Agradeço a dica!

    ResponderExcluir
  25. Que delícia! Quero leeerrrr.
    Amo terror e contos. Então quando se juntam e bem escrito, adoro. Gostei da premissa, e fiquei com muita vontade de ler. Obrigada pela dica, vou atrás. haha

    ResponderExcluir
  26. Nossa, você me fez abrir uma aba na Amazon no mesmo instante que li a primeira frase da resenha! Eu resenhei um conto curto esses dias e sei como é ficar preocupada com spoilers, mas você conseguiu, não falou nada que revelasse surpresas do conto e ao memso tempo me deixou morrendo de curiosidade! kkkk

    Obrigada pela recomendação, beijos!!!

    ResponderExcluir