A filha das flores, Vanessa da Mata

escrito por ♡ julho 03, 2017

Título: A filha das flores
Autora: Vanessa da Mata
Editora: Cia. das Letras
Número de páginas: 280
Lançamento: 2013
Comprar: (Amazon - 26,93)


O livro conta a história de Adalgiza, ou melhor, Giza. Uma menina que não sabe muito sobre sua origem, tampouco sobre seus pais. Suas tias, Florinda e Margarida, com quem morava, ainda que não tivesse tanta afinidade, se extinguem do gesto de esclarecer as dúvidas da menina. A narração dá-se em primeira pessoa, a perspectiva de Giza desde sua infância, até sua vida adulta.
Na casa onde viviam, claramente em uma cidade interiorana brasileira, cultivavam um jardim que fornecia flores para toda a cidade. Desde flores para os enamorados e amantes até os funerais. Giza desde pequena era a encarregada de fazer a entrega das flores, sempre com o seu fusca, ela testemunhava e colecionava pequenos segredos daquela cidade. Com o passar do tempo ela cresce, e se apaixona por Tito aos dezoito anos. Assim, começa a se descobrir como mulher, amadurece, desabrocha e até a causa certa inveja em suas tias, já que a diferença de idade entre elas era mínima.


Entregando flores, num certo dia, Giza ultrapassa os limites de sua cidade chegando a uma outra que ninguém em sua cidade natal ousava comentar, era como se fosse proibida, chamada de Vila Morena. Esta detentora de vários mistérios que aguçam ainda mais a curiosidade da protagonista. Conhece assim, seus mais novos amigos Major Salada e Juliana que a apelidam de Flor de Laranjeira, além de outros habitantes que ampliavam o conhecimento de mundo da menina mulher, ex-presidiários, prostitutas, ainda uma Rainha que por vezes aparecia por lá e festejos eram promovidos para celebrá-la.

“Para a minha surpresa, percebi que os bêbados gostaram de mim e queriam me adotar, que a alcunha de flor era um batismo de aceitação do grupo. [...]-Flor, sente aqui.” (pág.71)

Os mistérios tão tenebrosos e chamativos de Vila Morena fazem com que Giza saia de casa e se entregue a aventura de desvendá-los.



MINHA OPINIÃO


Se se tem algum conhecimento a respeito da voz de Vanessa da Mata, é realmente possível ouvi-la enquanto lê-se o livro. Um dos aspectos que me agradaram durante minha leitura. Vanessa colocou em livro suas experiências de vivência no interior do Brasil, assim como coloca em suas músicas, o que dá a ela propriedade para falar tão bem de lugares interioranos. Confesso que como uma fã de carteirinha da Vanessa, fui com muita sede ao pote. É uma estória boa para um romance de estreia, e muito facilmente de se confundir com uma autobiografia.

A narração começa, de certa forma, lenta, pois há uma exacerbada descrição sobre a ambientação da estória, cheia de figuras de linguagem que necessitam de certa atenção e reflexão. Chegando até ser entediante, mas que são essenciais para a criação da imagem no consciente de cada leitor. Depois de 80 páginas, mais ou menos, há vários fatores que nos envolvem, tanto como Giza se envolvendo amorosamente, segredos, triângulos amorosos e mistérios.

Outro fator que me agradou, foram os nomes dados aos capítulos, sempre de forma poética, característicos da autora. O livro é cheio de quotes MA-RA-VI-LHO-SOS, que tornam a leitura ainda mais agradável.

“Na verdade, eu andava de um lado para o outro buscando o pássaro mais perfeito, apenas para conter minha ansiedade.” (pág. 18)



“Preciso que você me entenda, me mande qualquer instante de esperança.” (pág. 210)


Vanessa apostou em algo bem romanesco envolvendo fantasia e realidade, o que soube desenvolver muito bem, pois a cada página que passa, pensamos que o enredo vai tomar certo rumo, mas ele, de fato, toma outro e quando os pensamentos se concluem, o fechamento fica ainda mais genial. A filha das flores é um livro que, com certeza, merece uma chance e um lugar na estante.

Você também pode gostar de:

33 comentário(s)

  1. Nossa seu blog é lindo!! Gostei demais do livro da Vanessa, além de lindo é super interessante. Abraços.
    Eurekamundobook.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá Vitoria, tudo bem?

    E eu nem sabia que a Vanessa da Mata tinha um livro... Tô pasma. Será que ela é boa com a escrita do mesmo jeito que é com suas composições musicais? Vou pedir de presente pra uma amiga, rs.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia esse livro, não faz meu estilo mas me interessei muito depois da sua resenha. Blog lindo <3.

    Beijos,
    Garota Perdida nos Livros

    ResponderExcluir
  4. Que interessante, não sabia que a Vanessa da Mata tinha lançado um livro, fiquei com muita curiosidade =)

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
  5. Que blog mais lindo é esse? Amei! Não sabia que essa cantora havia publicado um livro! Adoro artistas que são completos.

    ResponderExcluir
  6. Gente nem sabia que ela tinha escrito um livro! A história parece bem legal! Amei sua resenha os quotes são ótimos mesmo haha 😘
    aleituramagica.wordpress.com

    ResponderExcluir
  7. Achei muito interessante a Vanessa ter escrito um livro, não é meu estilo e nem suas músicas, mas esse livro me despertou um pouco de curiosidade em saber quais são os segredos em torno dessa cidade e conhecer a Gisa.

    Adorei sua resenha!

    Um beijo.


    http://sussurrandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Vitoria! Parece ser um livro bem interessante! Infelizmente não é o tipo de livro que me prende rs. Adorei a resenha!

    Beijinhos da Paty ;)

    ResponderExcluir
  9. Oi. Tudo bem?
    Esses dias vi um dos lançamentos do livro da Cia das Letras, que eu estava esperando muito, mas fiquei completamente chateado com a capa do livro. A editora costuma ter capa muito bonitas. Fiquei chateado na hora, mas vendo a capa de "A filha das flores" fiz as pazes com a editora. Essa capa é muito bonita. Além disso, achei interessante o romance e saber que ele se confunde com um autobiografia deve ser muito incrível. Fiquei interessado, vou anotar aqui para quando tiver um chance pegar para ler. :D

    Abraço!

    ResponderExcluir
  10. Não sabia que a Vanessa da Mata tinha esse livro publicado, achei a história super interessante. Acho que curtiria essa leitura.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  11. Eu gosto da autora como cantora e nem sabia que ela tinha escrito um livro. Eu achei a capa bonita e gostei de ver a sua resenha, mas não me senti atraída para realizar a leitura desse livro.

    ResponderExcluir
  12. Oi tudo bem?
    Não conhecia esse livro mas gosto de um bom romance esse parece ser um bem leve e até um tanto misterioso, algum dia quem sabe faço a leitura.

    Sucesso com o blog <3

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Heeey!

    Que capa linda, gosto muito de capas coloridas.
    É um livro que eu infelizmente não leria as músicas dela também não me atrai rs ..
    Vou passar a dica, mas fico feliz por você ter gostado.

    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Que fofura de livro! E essa resenha? Tão linda! Achei bem interessante o livro e confesso que ainda não li nada da autora. Mas vou mudar isso, assim que der, pego o livro pra ler ❤ os Quotes são lindos!
    Beijos ❤
    Jardim de Palavras

    ResponderExcluir
  15. Boa tarde, amei a capa e achei interessante a resenha, gostei mesmo.

    ResponderExcluir
  16. haaaaa que lindo <3 amei, sabe que amo a voz dela, mas nunca tinha me interessado em ler esse livro, mas quem sabe pode me surpreender. Amei a resenha Parabéns e muito sucesso.

    literalmentefalando.com

    ResponderExcluir
  17. Não sabia que ela tinha escrito um livro.
    Adorei a resenha, mas não sei se leria por enquanto, acho que teria medo dela não me prender muito, mas vou dar mais uma pesquisadinha.
    Beijinhos.

    www.quatroestacoess.com

    ResponderExcluir
  18. Uau!
    Que livro lindo, mas confesso que nem sabia da existência de obras literárias da cantora. Sem dúvidas ao ler ficaria com a voz dela na cabeça.
    Adorei saber mais através da sua resenha.
    Beijos!

    Camila de Moraes.

    ResponderExcluir
  19. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  20. Olá,

    Não sabia que além de cantora ela era escritora também, foi uma surpresa. Infelizmente, o livro não me chamou a atenção, e como não ando com muito tempo livre no momento estou priorizando apenas as leituras que quero muito fazer. Achei a capa desse livro muito bonita e colorida.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Não sabia que a Vanessa da Mata tinha um livro, e ainda um com um enredo que me interessa. A capa está bonita e já estou anotando a dica.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  22. Hey, tudo bem?
    Livro da Vanessa da Mata tinha um livro hahaha, a história me chamou muito atenção. Seu post está lindo.
    Um grande abraço!

    Folha de Pólen

    ResponderExcluir
  23. Olá! Não sabia que a cantora se aventurava na literatura também. Gostei da sua resenha honesta e extremamente bem escrita. Gosto de floreios e metáforas, então posso me entender bem com a escrita da Vanessa.
    Obrigada pela dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
  24. Olá tudo bem?
    Até hoje eu não sabia que a cantora, que eu também adoro, tinha resolvido se aventurar na literatura. Que demais! Gostei bastante do enredo, que me parece ser bastante leve e gostoso de se ler. Os quotes que você separou são maravilhosos e me deram um gostinho de água na boca.
    Já quero esse livro pra mim.
    Ah, adorei sua resenha.
    Bjs

    ResponderExcluir
  25. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia esse livro e confesso que não sou muito fã da Vanessa da Mata, embora a ache uma excelente artista. No entanto, eu achei interessante a premissa do livro e pelos seus comentários parece ser uma obra bem construída mesmo, mas eu não fiquei muito animada.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  26. eu AMEI sua resenha, não sabia desse livro da Vanessa da Mata e já vou colocar nos meus desejados

    ResponderExcluir
  27. Oie, não conhecia o livro, porém me deixou bastante curiosa
    bjs

    ResponderExcluir
  28. Oi Vitória!
    Eu gosto bastante de figuras de linguagem, então talvez não me incomodasse de elas estremecê-las tão presentes no livro. O excesso de descrições realmente pode ser incomodo, caso a gente não perceba que há uma razão para isso, né?
    É sempre ruim ir com muita sede ao pote, mas pelo menos você não se decepcionou tanto.
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  29. Oie amore,

    Que capa lindaaaaaaaaaaa...
    Mas fico só na capa... tive um trelele com a Vanessa da Mata certa vez no insta por conta de um erro de um site de letras de música... e achei ela muito antipática...
    Mas parabéns pela resenha!

    Beijokas!

    ResponderExcluir
  30. Olá!

    Só conheço uma música da Vanessa, mas daria uma chance ao livro por causa da musicalidade que ele exala. Adorei a resenha!!

    ResponderExcluir
  31. Oi!
    Adorei o livro e o seu blog!
    Espero ter a oportunidade de conhecer a obra em breve. Dica mais que anotada!
    Beijo

    ResponderExcluir
  32. Eu já sabia que a Vanessa havia escrito um livro, mas ainda não tive a oportunidade de ler, é impressionante a capacidade dessa mulher de fazer arte, de transformar tudo me poético, leveza e amor. sua resenha também ficou muito boa.

    ResponderExcluir
  33. Olá,

    Não sabia que a Vanessa da Mata tinha um livro, confesso que a premissa não me interessou tanto, mas fico feliz que a sua leitura tenha sido proveitosa.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir